quinta-feira, 26 de novembro de 2015

A lista de José Mindlin e o que eu fiz com ela....

Olá, pessoas, como vão?

Alguém já ouvi falar de José Mindlin?

Nãaaaao??? Comassim??? hahaha

José Mindlin foi, sim...ele infelizmente faleceu em 2010, diversas coisas: advogado, empresário (ele fundou a empresa Metal Leve), escritor e bibliófilo, que é a faceta que sempre me chamou mais a atenção.
Sabem o que é um bibliófilo?

  • Que ou aquele que AMA os livros.
  • Amante ou colecionador de livros raros e preciosos, ou de boas edições.
Assisti e li várias entrevistas com ele, seus depoimentos do que significavam os livros em sua vida, sua biblioteca particular MARAVILHOSA, que tinham umidade, luminosidade e temperatura controladas para a conservação, isso muito graças à sua esposa, uma apaixonada por livros também.
Sua paixão pelos livros fez com que seu acervo batesse os 60mil volumes, recheada de raridades, como a primeira edição de Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa e a primeira edição de O Guarani, de José de Alencar.

Antes de sua morte, ele doou sua biblioteca para USP - Universidade de São Paulo, compondo a assim a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. Guita era a esposa de Mindlin, qualquer dia falo um pouco sobre ela, que assim como o marido deixou um legado em uma área que eu também adoro, a encadernação e restauro.

Mindlin listou em 2004, os 100 livros que ele recomendava como leitura essencial. E desde 2004 que eu mantenho essa lista impressa dentro de uma confortável gaveta em minha casa, dentro de uma pasta. Vez ou outra ela surgia diante dos meus olhos e...nada! A minha intenção desde 11 anos!!! atrás era começar a maratona o quanto antes! Ói que decidida!!! kkkkkkk

Eu já li alguns dessa lista, para ser exata 18, entre eles Vidas Secas, (parênteses para falar de Vidas Secas, de Graciliano Ramos, que foi meu primeiro livro "sério" e marcou profundamente a minha vida para todo o sempre. Costumo dizer que Vidas Secas deixou minha Vida Plena), que até parece razoável, porque li muitos outros que não estão nela, mas 18 de 100 é 18% do que ele recomenda, aí deprime...rsrs

Então, como resolução de Ano Novo adiantada, vou iniciar HOJE a leitura dos 82 restantes, começando por O processo, de Franz Kafka, um livro que SEMPRE quis ler e SEMPRE arranjei uma desculpa! Sou dessas...era, eu era! Positividade!

Eu prefiro o formato físico 1 milhão de vezes, porque senão cadê cheiro, cadê toque, cadê experiência? Leitura pra mim é uma experiência sensorial, prefiro assim. Mas, para não usar isso como uma nova desculpa, vou ler em PDF mesmo, achei aqui.

Bom, pessoas, vocês devem estar se perguntando: E a tal da lista???? Eu encontrei a mesma lista que imprimi anos atrás, aqui. Se vocês pesquisarem no Google, vão encontrar outros resultados, onde a lista faz parte de textos etc, mas essa é melhor para imprimir ou salvar. Contudo...atentem-se a isso, os títulos em vermelho não funcionam mais como links para leitura online e muitos dos livros que constam como idioma em inglês ou francês, já contam com a versão em português em formato físico, e-book ou leitura gratuita mesmo, em bibliotecas virtuais por exemplo.

Noooooossa! Como falei hoje! E ainda tenho que ler O Processo...será que vai dar?

Vai!!!!

Gostaram do post, comentaí...grande abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário